Atenção

Fechar

Videoteca

TRACES: protecting consumers, facilitating trade (em espanhol)
TRACES: protecting consumers, facilitating trade (em espanhol)

TRACES (Trade Control and Expert System) is the online management tool of the European Commission, that tracks the movements of animals, food, feed and plants imported from outside...

Álbum de fotos

Roda do Diálogo Jovem - 16º Etransport
Fotos- Guilherme Costa Silva (Divulgação/ Fetranspor). Utilizando a metodologia de "aquário", representantes de diversos públicos (poder público, empresários, empregados, jornalist...

Estante

Uma História das Copas

Uma História das Copas
Autor: Caio Ducca

plurale no twitter

plurale no facebook

estão comentando

Elisabeth | 10/11/2014 | 15:14 | Na notícia: Biodireito - A Garantia da Vida Saudável

Eu nunca aprendi tanto como agora. Já sabia um pouco sobre o plástico, informações escolares, da TV, etc; mas este artigo da Colunista Carla Martins me fez ficar mais consciente do quanto trabalho vc tem pela frente e o quanto é importante cada vez se preocupar com o meio ambiente. É para as gerações futuras que vamos trabalhar hoje. Parabéns pelo trabalho!

Cristina Araripe | 19/09/2014 | 06:12 | Na notícia: PLURALE EM REVISTA, EDIÇÃO 37/ A riqueza de um parque nacional

Na Serra da Capivara, Patrimônio Mundial da Humanidade (Unesco) tudo nos emociona, impressiona e cativa. O conjunto de sítios arqueológicos é de tão grande valor que a gente sente uma forte pressão no peito ao ver que o Brasil não conhece, com licença da citação musical, o Brasil. Além disso, o Parque Serra da Capivara é um lugar único para se fazer trilhas e ver os canions espetaculares que preservam no fundo o encontro de dois tipos de vegetação que com os séculos se afastaram, a floresta amazônica e a mata atlântica. O sertão brasileiro, a caatinga é uma paisagem que nos faz sentir o quanto somos frágeis diante da natureza, a vida se adaptou ao causticante calor e secura. Viva a natureza, viva o Piauí. Vamos preservar o bioma.

Elisa de Alencar | 18/09/2014 | 15:00 | Na notícia: PLURALE EM REVISTA, EDIÇÃO 37/ A riqueza de um parque nacional

Muito boa a matéria. Parabéns, Isabella. Fiquei com vontade de conhecer esse belo lugar. O Brasil não conhece o Brasil.

Luiz Gaulia | 19/08/2014 | 10:30 | Na notícia: Da Era das Coisas, cansei!!!

Esta é a nossa incrível viagem pelo mundo que transforma tudo em objeto e paisagem. Mas nós não somos apenas os escolhidos ou seduzidos. Nós escolhemos e queremos nos seduzir por esse mundo de coisas. Falar sobre as coisas é mais simples que falar sobre o sentir, o pesar, o amar...Que belo artigo!

Rafaela Brito | 15/08/2014 | 12:44 | Na notícia: O preconceito como vetor do massacre

Muito bom artigo, Nelson! Infelizmente, os massacres são consequências dos preconceitos de todos os gêneros.

| 24/07/2014 | 12:20 | Na notícia: As lições da Copa aos olhos de uma torcedora

Sônia Araripe, querida, meus parabéns pela revista e pelo site, grande jornalista, saudades.

Mussa | 03/07/2014 | 19:04 | Na notícia: PLURALE EM REVISTA, ED 41/ O tempo e a mudança. A maldição do Saturno tecnológico

Que texto fantástico. Todos nós somos escravos desta nova era. A humanidade nunca viveu tão conectada e tão distante. Vc vê um tsunami do outro lado do mundo com a mesma frieza que vê um viaduto despencando aqui do lado. Essa enxurrada de informação nos congelou. Parece que tudo é um grande videogame.

Rosana Amin Tavares | 02/07/2014 | 19:37 | Na notícia: PLURALE EM REVISTA, EDIÇÃO 41/ Deserto do Atacama: uma saudação à natureza

Sensacional esta reportagem,parabéns jornalista Nicia Ribas.

Nelson Tucci | 30/06/2014 | 20:04 | Na notícia: As lições da Copa aos olhos de uma torcedora

PARABÉNS. A torcedora foi precisa, arguta. A atitude do Paulinho, na reserva, segurando a onda... Ele que passou pelo Corinthians a maior parte da sua vida profissional sabe bem o que é PRESSÃO. A atitude do "capitão" Thiago, de sentar na bola e chorar mostrou, na opinião deste outro torcedor, que os meninos ficaram com as pernas trêmulas. E naquele instante não dava pra botar fone de ouvido, bonezinhos e fingir que a coisa não era com eles. Os brinquedinhos adolescentes ficaram longe, como longe estava a coragem de olhar pra bola, pra torcida, pra bola, pra rede. Coisa que só os homens sabem fazer com segurança. Os meninos ainda não. Esconderam-se atrás da cortina de lágrimas. No tranco, deu certo. Sexta-feira tem mais um desafio, mas espero com menos adrenalina.

Marcel De Queiroz Pereira | 23/06/2014 | 10:10 | Na notícia: PLURALE EM REVISTA, ED 41 / Claro que é a economia

Christian, Ficou muito bom o texto. Um dos temas mais fascinantes do últimos anos é esta "sociologia das manifestações" (tema que vai aém do viés político-econômico abordado por você no seu artigo). A maioria dos comentários/colunas/artigos que li de um ano para cá ainda segue muito perdido na análise de causas e consequências, o que talvez seja até natural, pq não há definitivamente algo já concluído... quase todo mundo ainda não entedeu porque elas aconteceram, porque não voltaram a acontecer, quem foram os atores, etc...