Atenção

Fechar

álbum de fotos

PLURALE EM REVISTA - Edição 61 - Sustentabilidade na Caatinga - Fotos de Andrea Goldschmidt - Especial para Plurale

Cerca de 150 anos atrás, um homem criou uma lista de sugestões de como os agricultores da caatinga cearense podiam minimizar os efeitos das estiagens prolongadas na região. Seu nome era Cícero Romão Batista. Ele chegou à Vila de Tabuleiro Grande como padre, em 1871, para celebrar a missa de Natal. Um sonho o fez decidir permanecer ali: ele dormia numa rede quando viu Jesus entrando em seu quarto e pedindo que ficasse para cuidar daqueles agricultores humildes que lutavam para sobreviver em uma região super árida e judiada pela seca. O Padre Cícero Romão Batista (com sua compreensão intuitiva dos conceitos de sustentabilidade) foi um personagem que mudou a cara daquela vila, hoje conhecida como Juazeiro do Norte, a 3a maior cidade do Estado do Ceará. Padre Cícero teve uma história complicada, mas muito interessante. Alguns anos depois de se estabelecer na Vila, foi acusado pelo Bispo de estar forjando milagres e tornando a região um centro de peregrinação e fanatismo religioso. Acabou proibido pela Igreja de pregar, confessar e orientar os fiéis. Só que as pessoas continuaram vindo em massa para se encontrar com ele e receber seus conselhos. O padre começou então a atender os fiéis em sua própria residência. Passou a ser chamado de padrinho (Padim) pelos romeiros, que o consideram um protetor, alguém que olha por eles. Alguns anos depois, transformou-se em prefeito do novo município de Juazeiro do Norte, que se emancipou do município do Crato por influencia de um movimento também criado por ele. Deixou de ser um líder religioso e passou as ser um líder político. Padre Cícero viveu até os 90 anos e, mesmo tanto tempo depois da sua morte (que aconteceu em 1934), sua influência continua sendo muito forte. Moradores de toda a região da caatinga (que abrange parte dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e Minas Gerais) vêm em peregrinação para Juazeiro do Norte todos os anos no dia de Finados para homenagear esse homem que tanto contribuiu para o desenvolvimento da região e para o conforto de seus habitantes.

Caatinga  - Juazeiro do Norte - por Andrea Goldschimdt

Caatinga - Juazeiro do Norte - por Andrea Goldschimdt

Romeira em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Romeira em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Fitinhas coloridas com pedidos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Fitinhas coloridas com pedidos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

A fé de religiosos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

A fé de religiosos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

A fé de romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

A fé de romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Estátua em homenagem a Padre Cícero é reverenciada por romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Estátua em homenagem a Padre Cícero é reverenciada por romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

Caatinga  - Juazeiro do Norte - por Andrea Goldschimdt
Romeira em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt
Fitinhas coloridas com pedidos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt
A fé de religiosos em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt
A fé de romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt
Estátua em homenagem a Padre Cícero é reverenciada por romeiros em Juazeiro do Norte (CE) / Foto de Andrea Goldschmidt

***
As fotos e imagens de Plurale em revista© e Plurale em site© são de uso exclusivo, não sendo permitida a reprodução parcial ou total. Consultas sobre venda de imagens podem ser feitas através do e-mail agencia@plurale.com.br.