Atenção

Fechar

Pelas Empresas

Geoklock estará no maior evento de áreas contaminadas do mundo

Empresa brasileira presidirá sessões, fará palestra, é patrocinadora e terá estande no 11º Battelle. Tudo com o interesse de mostrar um pouco dos cases e experiência acumulada há quase 40 anos nesse segmento

De São Paulo

A empresa de consultoria e engenharia ambiental Geoklock, com quase 40 anos de mercado, terá um papel muito importante no próximo Battelle, considerado o maior e mais prestigiado evento mundial na discussão de inovações tecnológicas para o tratamento de áreas contaminadas, em especial por contaminantes clorados, derivados, por exemplo, do descarte de processos industriais. “Este é um dos mais graves problemas ambientais, recorrente em países industrializados”, destaca Rubens Spina, CEO da Geoklock (foto).

A empresa fez parte da comissão que selecionou os trabalhos técnicos inscritos para o evento, irá ser um dos seus patrocinadores, presidirá três sessões de discussões e irá apresentar oito trabalhos, além de possuir estande no local. “Nosso objetivo é mostrar ao público do Battele que temos excelência no mapeamento e remediação de áreas contaminadas, porque somos pioneiros nesse tipo de problema no Brasil e temos vários cases de sucesso. Queremos que a Geoklock seja percebida à altura das melhores que atuam no mundo, inclusive nos Estados Unidos”, explicou Spina.

Essa será a 11ª edição do Battelle’s - Conference on Remediation of Chlorinated and Recalcitrant Compounds, queacontece entre os dias 8 e 12 de abril próximo, em Palm Springs, na Califórnia (EUA). Segundo Spina, a Geoklock – que pertence ao grupo suíço EBP - será a única empresa de origem brasileira a patrocinar o evento.

De acordo com a organização do Battelle, ao longo desses dias devem circular pelo evento em torno de 2000 especialistas do mundo todo. Além dos estandes, as palestras trarão inúmeras novidades no manejo desse tipo de passivo ambiental, acredita Victor Sewaybricker, coordenador técnico da Geoklock. Ele fará uma palestra sobre a aplicação de ferramentas de alta resolução para previsão da recarga de águas subterrâneas em área alvo de escavação.

O CEO da Geoklock irá presidir uma sessão que discutirá a recuperação de aterros e Sewaybricker outra em torno do tema big data aplicado à investigação/remediação de áreas contaminadas. “Estamos muito animados nesta edição do evento. Já estivemos nos anteriores, mas desta vez nos estruturamos para mostrar tudo o que fazemos, da consultoria e engenharia à execução das soluções de remediação de passivos ambientais de todas as proporções”, destaca Rubens Spina.

Para ele, isso será possível pelo fato de a Geoklock estar, há pelo menos 3 anos, investindo pesado em equipamentos de última geração e treinamento de pessoal. “Graças ao nosso tempo de trabalho, conhecimento e equipamentos que dispomos, podemos oferecer uma investigação de alta resolução em tempo real para várias situações. Nossa intenção é sempre ter uma participação muito forte em eventos como estes, grandes e de muita repercussão em nossa área de atuação”.





Ir para lista de artigos e notícias


Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!