Atenção

Fechar

Pelo Brasil

Geologia em pauta no Rio

Congresso vai debater o futuro das Ciências da Terra em agosto

Do Rio

Uma boa notícia para o Rio de Janeiro na Semana Mundial do Meio Ambiente. Entre 20 e 24 de agosto, a cidade será o epicentro dos debates em torno das Ciências da Terra na América Latina. A pauta do 49º Congresso Brasileiro de Geologia terá como um de seus temas principais ‘Meio Ambiente e Licenciamento’ e contará com 2.175 trabalhos técnicos e científicos. São esperados cerca de 4 mil profissionais, pesquisadores, professores, estudantes e demais interessados nas Geociências, além da comunidade em geral.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Geologia (SBG), que organiza o evento, o Século 21 trouxe consigo a necessidade de olhar a Terra de maneira diferente. Temas como Geoconservação, Antropoceno e Geoética vêm ocupando mais espaço nas discussões e, por vezes, até alcançam o cidadão comum, mesmo que estes nomes não sejam entendidos em um primeiro momento ou mesmo utilizados.

“Para dar força a este movimento, precisamos avançar para tornar clara a necessidade de pensar e gerir a natureza de forma sistêmica, onde bio e geodiversidade sejam partes irmãs da mesma análise integrada dos ecossistemas”, afirma Kátia Leite Mansur, professora do IGEO - Departamento de Geologia da UFRJ e uma das coordenadoras da sessão temática ‘Geodiversidade / Geoturismo / Geoconservação / Geoparques’ que acontecerá durante o painel ‘Geociências, Sociedade e Desenvolvimento Sustentável’.

A ideia é ir além de simplesmente identificar se o ser humano é um agente geológico, mas de pensá-lo como parte da natureza e não como seu dono. “A proposta é aprofundar conceitos e detalhar aplicações técnicas para temas como patrimônio geológico, patrimônio mineiro, monumentos pétreos, cultura, popularização da ciência, populações tradicionais, geoturismo, geoparques e desenvolvimento sócio-ambiental. Tudo isto debaixo do "guarda-chuva teórico" da Geoconservação e da Geoética”, ressalta Katia.

Riscos geológicos e desastres naturais

Outra sessão técnica que estará em destaque durante o Congresso é sobre ‘Riscos geológicos e desastres naturais’, que deverá trazer uma visão geral sobre o tema, olhando para o passado através do "registro geológico dos desastres naturais”. A ideia é compreender o presente pela análise de como funcionam os "processos perigosos geológicos que geram risco" e tentando prever o futuro com o "mapeamento de riscos geológicos".

Além dos estudos que serão apresentados, haverá palestras temáticas para a apresentação do estado da arte desses temas e mesas redondas onde experts discutirão o atual estágio de conhecimento no Brasil. Haverá ainda um mini-curso e uma excursão de campo durante o congresso no Rio de Janeiro.

Geologia ambiental e médica

A aplicação das geociências nas questões de geologia ambiental e geologia médica também estará na pauta 49º CBG. Entre os temas destaca-se a avaliação de ocorrências de metais/minerais e sua relação com a saúde ambiental e mitigações/soluções e/ou experiências realizadas em áreas degradadas, contaminadas ou poluídas. Também neste simpósio haverá apresentações sobre a geodiversidade (meio físico, geoambiental) voltadas para o planejamento e gestão territorial rural e urbana, que vem se destacando nos últimos anos como importante ferramenta para o ordenamento territorial do país.

Mais sobre o evento

O 49º Congresso Brasileiro de Geologia - Rio 2018 será realizado de 20 a 24 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica. “Será uma oportunidade para se discutir as grandes questões em torno do desenvolvimento da Geologia hoje no país”, afirma Hernani Aquini Fernandes Chaves, presidente do Núcleo RJ da Sociedade Brasileira de Geologia e da Comissão Organizadora do Congresso.

Além de Meio Ambiente e Licenciamento, outros grandes temas estarão em pauta, como Petróleo e Gás, Segurança do Trabalho, Defesa das Instituições Públicas de Geologia e da Ciência Brasileira e Formação do Geólogo e Mercado de Trabalho. As inscrições podem se feitas pelo site https://www.49cbg.com.br/.





Ir para lista de artigos e notícias


Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!