Atenção

Fechar

agenda

Webinars e lives

Webinar Saneamento para uma Retomada Verde Inclusiva

Data: 27 de outubro

Metade da população brasileira não tem acesso a rede de esgoto. A falta de saneamento básico amplificou tanto o número de infectados por COVID-19 quanto a gravidade da doença já que muitos não têm acesso nem a água limpa.

A relação entre água, esgoto e saúde é clara e conhecida: segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para cada dólar investido em água e saneamento, economiza-se 4,3 dólares em saúde global. O que é preciso acrescentar a essa conta é a geração de empregos: cada bilhão investido em saneamento, por exemplo, gera 10 mil empregos apenas em obras.

O estudo feito para a iniciativa Retomada Verde Inclusiva, realizado pelo Instituto ClimaInfo, em parceria com o Observatório do Clima e o GT de Infraestrutura, apontou que 300 mil empregos podem ser gerados só se cumprindo o plano de saneamento já existente.

Ainda de acordo com a Agenda Urbana do Clima, desenvolvido pela sociedade civil e várias instituições, acelerar a expansa?o do saneamento ba?sico, a partir de modelos de gesta?o inovadores, que ampliem o acesso a? a?gua pota?vel e ao tratamento de esgoto, reforcem os sistemas de drenagem que captam e reutilizam a a?gua de chuva, com grandes reflexos no bem-estar e na sau?de da populac?a?o e gerando empregos no setor da construc?a?o civil.

Programação

Data: 27 de outubro

Horário: 10h30

Inscrições para o webinar:

Link Zoom: https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_D5tVNf_gT8Schd5yZ-tvFw

Assista pelo Youtube: https://youtu.be/ab3u5Geb2QU

Palestrantes:

Ruth OsórioCocôzap e ”Muda Maré – Educação Ambiental e Agricultura Urbana no Complexo do Maré”

Moradora do Parque Maré – Complexo da Maré, é técnica em Química Especializada em Meio Ambiente (IFRJ) e atualmente graduanda em Engenharia Ambiental na UFRJ. Atua há cinco anos na extensão universitária com o projeto “Muda Maré – Educação Ambiental e Agricultura Urbana no Complexo do Maré” e, desde 2019, no projeto Tecnologias Sociais em Assentamentos da Reforma Agrária. Desde agosto de 2020, integra a equipe do Cocôzap atuando na assistência à coordenação.

Paulo ShinjiColetivo GRITO

É pesquisador e ativista com mestrado em Estudos de Desenvolvimento pelo The Graduate Institute of International and Development Studies Geneva. Suas pesquisas exploram as relações entre água, saneamento, meio ambiente e pertencimento político. Paulo tem experiência apoiando a sociedade civil em temas de água, saneamento, meio ambiente, cidades e gênero. É um dos fundadores do Coletivo GRITO, uma associação sem fins lucrativos criado por um grupo de brasileiras(os) e demais cidadãos que vivem no exterior, que surgiu de forma espontânea no final do ano de 2018, em resposta ao momento político em que o Brasil estava e continua atravessando.

Ricardo Moretti – ONDAS e BrCidades

É professor do Programa de Planejamento e Gestão do Território da Universidade Federal do ABC. Integrante do ONDAS (Observatório Nacional dos Direitos a Água e ao Saneamento) e do BrCidades. Engenheiro civil, mestre em Engenharia de Solos e Doutor em Engenharia de Construção Civil e Urbana pela USP.