Atenção

Fechar

agenda

Webinars e lives

Fórum Virada Sustentável promove painéis sobre economia circular, empreendedorismo em comunidades, agenda ESG, mudanças climáticas, Amazônia, água, segurança alimentar e diversidade

Data: Entre os dias 02 e 22 de setembro

• Economista estadunidense Jeffrey Sachs ministra a palestra "Mensagens para o Mundo
Pós-Pandemia";
• Representantes de Bogotá, Guadalajara, Medellín, São Paulo e Santiago apresentam projetos
premiados pela Bloomberg Philanthropies;
• A composição dos 26 painéis foi pensada a partir de pesquisa com representantes da iniciativa privada, agentes públicos e público em geral, que elencaram as urgências e necessidades do momento;
Economista estadunidense Jeffrey Sachs integra o Fórum Virada Sustentável.
Crédito: Divulgação

São Paulo, agosto de 2021 - Entre os dias 02 e 22 de setembro ocorre a 11ª Virada Sustentável
na capital paulista. Neste ano, #MinhaMensagem é o tema norteador do maior festival de
sustentabilidade do país, que traz 100 mensagens importantes sobre este momento de construção
coletiva para o futuro pós-pandemia. O tema permeia toda a programação do evento, que é gratuita
e repete o modelo híbrido experienciado na edição de 2020.
As frases da campanha foram elaboradas por 100 organizações de diversos setores da sociedade civil.
Para Mariana Amaral, cofundadora da Virada Sustentável, a campanha #MinhaMensagem é de
utilidade pública: "estamos dando voz para várias organizações da sociedade civil, que nos trazem
recados extremamente importantes sobre como podemos pensar o futuro pós-pandemia".
Pela primeira vez, a programação do Fórum Virada Sustentável foi construída a partir de uma
pesquisa com representantes da iniciativa privada e sociedade sobre quais temas e assuntos eles
consideram urgentes de serem conversados. A partir daí, a programação do Fórum foi agrupada
por temas de interesse apresentados na pesquisa: água, economia circular,
empreendedorismo em comunidades, agenda ESG, mudanças climáticas,
Amazônia, questões indígenas, habitação, segurança alimentar e diversidade.
Em paralelo, várias manifestações e intervenções artísticas ocorrem pela cidade de São
Paulo refletindo os pontos abordados virtualmente. "Nosso objetivo é promover uma visão
inspiradora sobre um futuro sustentável. Além disso, o festival, desde sua primeira edição,
funciona como um grande reforço às redes de transformação e impacto social existentes,
reunindo sociedade, organizações da sociedade civil, artistas, agentes públicos e marcas
nesta construção", complementa André Palhano, também fundador da Virada Sustentável.
Com 26 painéis virtuais, o Fórum Virada Sustentável amplia a possibilidade de participação
para pessoas de fora de São Paulo. Todas as atividades contam com tradução em Libras e
tradução simultânea nas palestras de convidados internacionais. Para participar, os
interessados precisam se inscrever gratuitamente no
site da Virada Sustentável: www.viradasustentavel.org.br /palestras
A abertura da Virada Sustentável, no dia 2 de setembro, às 9h30, é marcada pela palestra
"O mundo que vem aí", ministrada pelo professor e empreendedor no setor de
responsabilidade social empresarial Ricardo Young. Na sequência, às 10h45,
representantes das cidades Bogotá, Guadalajara, Medellín, Santiago e São Paulo,
participam do painel Inovação urbana na prática: experiências bem sucedidas na
América Latina, trazem um resumo dos impactos e oportunidades gerados pelos
projetos e soluções inovadoras premiados Bloomberg Philanthropies.
Economia circular é o eixo da programação dos dias 08 e 09 de setembro. As conversas
abordam desde como a sociedade pode começar a se engajar sobre este tema, passando
por questões de reciclagem, tanto de embalagens usadas em domicílios como o aço produzido
pela indústria. Os Palestrantes do painel Economia Circular: Tudo que Você precisa
saber para se engajar detalham e refletem sobre os 50 conceitos usados sobre o tema.
O tema volta a ser debatido no painel Educação e Economia Circular: Construindo um
Mundo sem lixo no dia 20/09, às 15h15, com a discussão sobre a urgência da
transição do modelo de economia linear para circular e o alinhamento desta agenda
com a educação.
A questão da água é o tema do painel Arte, Informação e Conhecimento para
maior engajamento da Sociedade com o tema da Água marcado para o dia 9 de
setembro, às 16h30.
Um dos destaques do dia 13 de setembro é a participação do economista estadunidense
Jeffrey Sachs. Em sua palestra Mensagens para o Mundo Pós-Pandemia, às 10h,
ele fala sobre a importância da agenda política acompanhar as pautas de desenvolvimento
sustentável para o crescimento socioeconômico global. Ao término de sua apresentação,
Sachs responderá perguntas do público.
No dia 15 de setembro, o Fórum Virada Sustentável traz desigualdade e diversidade de
gênero para o debate na conversa Oportunidades e desafios da equidade
de gênero nas organizações com Margareth Goldenberg (Movimento Mulher 360) e
Suellen Moraes (BALL), que analisam a situação atual do mercado de trabalho para
as mulheres, a partir do dado do IBGE de que em 2021, a participação feminina
no mercado teve o menor índice dos últimos 30 anos. Elas discutem como as companhias
podem melhorar esta situação.
No dia 16 de setembro, o Fórum Virada Sustentável abarca várias frentes sobre a questão
da alimentação em quatro atividades. Com mediação de Marina Esteves (Instituto Ethos), o
painel Entendendo o supermercado: um diálogo sobre a agricultura brasileira e fome
abre a agenda do dia às 14h com a presença de Paola Loureiro Carvalho (Rede Brasileira
de Renda Básica), Scarlett Rodrigues (Instituto Ethos), discutindo o paradoxo da
superprodução agrícola e o retorno do Brasil ao mapa da fome. Logo em seguida,
Gabriela Otero (Abrelpe) media a mesa Redução de Emissões na Gestão de Resíduos:
um Coringa para Alcançar as Metas Desejadas que conta com a participação de
Sandra Mazo-Nix (Coalizão pelo Clima e Ar Limpos) e Patricia Iglecias (Cetesb).
Insegurança alimentar é tema do painel Fome e Desenvolvimento: o futuro dos
alimentos e a soberania alimentar em um mundo pós-pandemia, em que o
público é convidado para o debate sobre a questão. Integram este painel Daniel
Balaban (Representante no Brasil do Programa Mundial de Alimentos (WFP) e
Diretor do Centro de Excelência contra a Fome), Daniel de Souza ( Ação da Cidadania)
e Andreia Dutra (Instituto Stop Hunger Brasil), mediado pelo jornalista Victor Vieira.
Os rumos da agenda ESG estão presentes nos encontros em que serão
discutidas a importância da Amazônia para a economia, a questão da biodiversidade
dentro do contexto da agenda ESG e as tendências do consumo online com
impacto positivo. Professor Paulo Artaxo, Rui Chammas (ISA CTEEP) e o pesquisador
e empreendedor Paulo Reis, agentes relevantes neste debate, são alguns dos que
integram as rodas de conversa.
No penúltimo dia de programação do Fórum, 20 de setembro, moradia e cidades
inteligentes são pontos-chave das discussões promovidas nos debates Habitação
Pós-Pandemia: A sua casa é a sua causa! e Cidades Inteligentes e Sustentáveis
- Mais Conectadas, Criativas e Sustentáveis.
O último dia do Fórum Virada Sustentável, 22 de setembro, também marca o encerramento
da 11ª edição da Virada Sustentável. Com uma programação intensa composta por 6 painéis,
a agenda do dia discute os principais tópicos abordados ao longo do evento.
Após sua realização, todas as atividades da programação do Fórum Virada Sustentável ficarão
disponíveis com tradução em Libras e legenda no canal da Virada Sustentável
no Youtube (https://www.youtube.com/user/ViradaSustentavel).

Sobre a Virada
A Virada Sustentável é o maior festival de sustentabilidade do Brasil. Envolvendo articulação
e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos de cultura,
movimentos sociais, equipamentos culturais, empresas, escolas e universidades. O festival
tem como objetivo apresentar uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade e seus
diferentes temas para a população, gerando reflexão e discussões a fim de promover um futuro
sustentável e reforçando as redes de transformação e impacto social existentes.
O evento, que pelo segundo ano apresenta atividades em formato híbrido, acontece por meio de
intervenções em diversas áreas da cidade de São Paulo e em plataformas virtuais, com
programação completamente gratuita que apresenta instalações, projeções, grafites,
performances, teatro, programação de bem-estar, além do Fórum Virada Sustentável.
A Virada Sustentável São Paulo 2021 é apresentada por Braskem, com patrocínio
master da Isa Cteep, patrocínio da Ambev, Gerdau, Sabesp, co patrocínio de Electrolux,
Mercado Livre, Novelis, Tetra Pak e apoio das empresas Ball, Deloitte, Instituto Center Norte,
Instituto Vedacit e ValGroup. Além da co-realização com a Prefeitura de São Paulo e
parceria com PNUD, Instituto Alana, Metrô SP, Pacto Global, Rotary Club, Sesc, Estadão,
Eletromidia e Ótima.

A programação completa pode ser acompanhada nos seguintes canais:
Site: https://www.viradasustentavel.org.br

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.