Atenção

Fechar

agenda

Outros

Museu do Amanhã oferece MBA online em Sustentabilidade e Gestão Socioambiental em parceria com Associação Brasileira de Gestão Cultural e Universidade Candido Mendes

O Museu do Amanhã, gerido pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), acaba de lançar o MBA em Sustentabilidade e Gestão Socioambiental, em parceria com a Associação Brasileira de Gestão Cultural (ABGC) e a Universidade Candido Mendes (UCAM). A iniciativa tem o objetivo de contribuir com a formação e atualização de profissionais que atuam em órgãos governamentais, empresas, terceiro setor ou que veem da área de sustentabilidade uma importante oportunidade para empreender. O curso oferece ferramentas para que os alunos possam liderar mudanças em suas organizações e na sociedade, e está conectado com a agenda da COP26, dos ODS e ESG, sigla em inglês que se refere à responsabilidade social, ambiental e boas práticas de gestão. Os interessados podem obter mais informações e se inscrever através do site da ABGC .
On-line, profissionais de todo o país podem se inscrever no MBA
O curso terá carga horária de 360 horas e será ministrado em EaD, com aulas online no Zoom a partir da plataforma exclusiva da ABGC. Os alunos de todo o país poderão ter acesso ao ambiente virtual de aprendizado, além de materiais didáticos como textos, webinários, entrevistas, vídeos, podcasts e workshops. O MBA contará com a Coordenação Acadêmica da Profa. Kátia de Marco; com Coordenação de Conteúdo do Prof. Marcio Schiavo e do Prof. Alfredo Tolmasquim e com a consultoria do Prof. Sergio Besserman Vianna e do Prof. Zilto Bernardi Freitas.
"Participar desse MBA com a Universidade Cândido Mendes amplia nosso leque de atuação, se tornando mais uma ferramenta para aprofundar, detalhar e repensar os temas de nossas atividades, curadoria e exposições. Pretendemos fazer com que os alunos se inspirem nos conteúdos do Museu e nas práticas que divulgamos para fomentar o caminho para termos cada vez mais cidades e empresas alinhados com a Agenda 2030 da ONU, que visa implementar até o final da década sustentabilidade para todos, com menos desigualdade", conta Leonardo Menezes, Diretor de Conhecimento e Criação do Museu do Amanhã.
O MBA em Sustentabilidade e Gestão Socioambiental disponibilizará aulas online com professores e profissionais com formação acadêmica e prática pedagógica baseada em experiências vivenciadas no campo da gestão social e ambiental, tendo como foco a sustentabilidade, os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), ESG e as mudanças climáticas. Módulos, disciplinas e vivências facilitarão a compreensão de soluções testadas e adotadas por governos, empresas e organizações não governamentais. Ao final do curso, os alunos aprovados receberão o diploma de especialista em gestão sustentável e socioambiental.
Além disso, o MBA terá seminários no Museu do Amanhã, que também serão transmitidos via internet, permitindo que os participantes tenham contato com experiências práticas e ampliando o networking entre os participantes.
"O MBA em Sustentabilidade e Gestão Socioambiental vai buscar a árvore e a floresta em todas as dimensões do programa. Da dimensão civilizatória dos desafios apresentados pela crise ecológica global aos seus impactos sociais e à dimensão financeira e tecnológica da transição econômica em direção à uma economia de baixo carbono. Da geopolítica global do Clima às questões fundamentais da justiça ambiental e da justiça climática. Dos aspectos corporativos do ESG ao novo espírito da época frente ao racismo estrutural, discriminação de gênero, de orientação sexual e frente ao valor da diversidade. Dos grandes avanços da ciência à importância da busca de sabedoria em todas as culturas, de todos os tempos. O estudante terá oportunidade de adquirir ferramentas de trabalho e ação e de constituir uma visão estratégica sobre a história do principal tema da agenda do século XXI, o desenvolvimento sustentável", destaca o Professor Sérgio Besserman, Consultor do curso.
"A pós-graduação está sendo lançada em um momento oportuno e fundamental para a tomada de consciência das nações diante dos desafios vitais para a sobrevivência do planeta acerca da sustentabilidade, da preservação ambiental, e do controle nas mudanças climáticas, temas centrais recentemente debatidos na COP 26", cita Kátia de Marco Coordenadora Acadêmica do curso e presidente da Associação Brasileira de Gestão Cultural.
Mudança climática é tema de Aula Aberta oferecida pelo MBA
Um dos maiores especialistas em mudanças climáticas na atualidade, Professor Paulo Artaxo, realizará uma Aula Aberta no dia 27 de novembro, às 10h, nas páginas da ABGC no Facebook e no Youtube. Ao fim da palestra, ele responderá perguntas do público. Paulo Artaxo é professor de física ambiental da USP, membro do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e do Comitê Científico e de Saberes do Museu do Amanhã.
Haverá também uma aula de integração on-line no dia 11 de dezembro, às 10h, com os coordenadores para mais detalhes sobre o curso. Todas as informações estão disponíveis no site do Museu do Amanhã e no da ABGC.
O curso terá início dia 28 de janeiro de 2022, com aulas online (ou síncronas) às sextas, de 18h30 às 20h30, e aos sábados, de 9h às 13h.
Sobre o Museu do Amanhã
O Museu do Amanhã é um museu de ciências aplicadas que explora as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. Inaugurado em dezembro de 2015 pela Prefeitura do Rio, é um equipamento cultural da Secretaria Municipal de Cultura, que opera sob gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o Museu já recebeu mais de 4 milhões de visitantes e conta com o Banco Santander como patrocinador máster, a Shell Brasil como mantenedora e uma ampla rede de patrocinadores que inclui IBM, Engie, Globo e Lojas Americanas, além do apoio de B3, EMS, EY, Booking.com, Carrefour e CSN. O Museu foi originalmente concebido pela Fundação Roberto Marinho.
Sobre o IDG
O IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão é uma organização sem fins lucrativos especializada em gerir centros culturais públicos e programas ambientais e também atua em consultorias para empresas privadas e na execução, desenvolvimento e implementação de projetos culturais e ambientais. Responde atualmente pela gestão do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, Paço do Frevo, em Recife, como gestor operacional do Fundo da Mata Atlântica e como realizador das ações de conservação e consolidação do sítio arqueológico do Cais do Valongo, na região portuária do Rio de Janeiro. Também é responsável pela implementação da museografia do Memorial do Holocausto, a ser inaugurado em 2022 no Rio de Janeiro. Saiba mais no link
Sobre a ABGC
É uma ONG que atua desde 2005 na formação profissional e de conhecimento acadêmico junto aos setores de Produção e Gestão Cultural e Social, através da realização de ações voltadas à qualificação profissional e à divulgação das profissões afins junto ao mercado de trabalho, mediante parcerias e convênios com instituições públicas e privadas.
A ABGC tem como prerrogativa reunir pesquisadores, professores e profissionais das áreas da produção de bens culturais e do gerenciamento em cultura e meio ambiente, propondo-se a realizar cursos de capacitação em formatos diversos - corporativos, de extensão e de pós-graduação, além de pesquisas e publicações.




Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.