Atenção

Fechar

estante

Entrevista

Entrevista

Autor: Cristina Serra
Editora: Editora: Kotter
Publicação: 2021

Em seu terceiro livro, a jornalista Cristina Serra traz 12 entrevistas com romancistas e poetas brasileiros, feitas nos anos 1980, quando ela trabalhou para o periódico LEIA, especializado em literatura e mercado editorial.

Em textos de introdução a cada uma das entrevistas, a autora reconstitui como as conseguiu, como foi a receptividade dos autores à jovem repórter em começo de carreira, as impressões que absorveu em cada encontro e que ficaram registradas em anotações guardadas até hoje no arquivo da jornalista.

As edições originais foram resgatadas no acervo da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM-USP), parceira do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo, que guarda a coleção completa do LEIA.

Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Gullar, Jorge Amado, João Cabral de Melo Neto, Mário Quintana e Jorge Amado são alguns dos brasileiros entrevistados, além da chilena Isabel Allende.

Cristina consegue extrair dos entrevistados reflexões profundas sobre seus processos criativos e método de trabalho, sobre a literatura e o Brasil. Algumas entrevistas são marcadamente confessionais.

Carlos Drummond fala de sua poesia: "São meus problemas, meus dramas, os meus sequestros, os meus complexos, a minha dificuldade de adaptação à vida, todo esse sofrimento.”

Mário Quintana afirma que “poesia não deixa de ser uma forma de falar sozinho”.

Gullar diz que “poesia só tem um sentido: mudar as coisas”.

Jorge Amado conta que escrevia todos os dias até às 10h da manhã porque depois desse horário começava a “emburrecer”.

Segundo o professor Jaime Oliva, do IEB-USP, a entrevista já é considerada um gênero literário por vários estudiosos de literatura e, a seu ver, o livro “Entrevista" confirma esse entendimento.

“Cristina faz poetas e romancistas exporem com clareza as entranhas da criação literária compondo um panorama dessa prática artística de uma geração bem relevante.”

A autora lamenta apenas ter perdido as fitas com as gravações originais das entrevistas, que ela pretendia tornar acessíveis em plataforma digital para os leitores. A umidade, porém, impossibilitou que o áudio fosse recuperado.

Cristina Serra estreou na literatura com o livro “Tragédia em Mariana – A história do maior desastre ambiental do Brasil”. A obra é uma investigação sobre o desastre provocado pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em novembro de 2015.

Sobre a autora:

Cristina Serra nasceu em Belém do Pará e formou-se em Jornalismo na Universidade Federal Fluminense. Trabalhou nas redações dos jornais Resistência, Tribuna da Imprensa, Leia, Jornal do Brasil, da revista Veja e da Rede Globo. Na TV, foi repórter de política em Brasília, correspondente em Nova York e comentarista do quadro “Meninas do Jô”, no Programa do Jô.

Em 2015, foi escalada para a cobertura do desastre em Mariana, pelo Fantástico. Escreveu o livro-reportagem “Tragédia em Mariana: A história do maior desastre ambiental do Brasil” .

Seu segundo livro é “ A Mata Atlântica e o mico-leão-dourado: uma história de conservação”. Atualmente é colunista da Folha de São Paulo.

Serviço:

Livro: ENTREVISTA

Autor: Cristina Serra

Editora: Kotter

Páginas: 168