Atenção

Fechar

estante

Um pouco da instigante História do Instituto de Educação do Rio de Janeiro (IERJ) - Desde a Escola Normal da Corte - Novo Conceito de Escola

Um pouco da instigante História do Instituto de Educação do Rio de Janeiro (IERJ) - Desde a Escola Normal da Corte - Novo Conceito de Escola

Autor: Professor Nilson de Oliveira
Editora: Walprint
Publicação: 2019

Com este título, acaba de ser publicado pela WalPrint o mais recente livro sobre o Instituto de Educação do Rio de Janeiro, a tradicional Escola de Formação de Professores, fundada em 1880, no Governo de D. Pedro II.

O livro descreve acontecimentos relacionados com o Instituto. São mais de 300 páginas impressas em papel pólen. Trabalho primoroso do autor, o Professor Nilson de Oliveira, que foi Diretor Geral do Instituto de Educação por duas vezes, nas décadas de 1970 e 1980.

Impresso em quatro cores, com 27 figuras coloridas e 76 monocromáticas, o livro narra grande parte da história da centenária instituição, resgatando fatos curiosos como o que aconteceu, ainda no Império, com a construção do primeiro prédio destinado à Escola Normal da Corte; depois, na Proclamação da República, com o oficial Menna Barreto. Mais adiante, com o sambista Ismael Silva, no bairro Estácio de Sá.

Nas páginas 41 e 42, o autor conta como surgiu o nome “Escola de Samba” e, da 43 a 72, o leitor encontrará informações sobre a escolha do local, do planejamento e da construção do majestoso conjunto arquitetônico destinado à então Escola Normal do Rio de Janeiro, na Rua Mariz e Barros.

Entre 1926 e 1930, no governo do Presidente Washington Luís, em pouco mais de três anos, aquele imponente conjunto de prédios foi erguido e passou a figurar na Rua Mariz e Barros, como referência de educação de qualidade. O Diretor Geral de Instrução, o educador Fernando de Azevedo e o Prefeito Prado Júnior programaram uma festança de inauguração que ocorreria no dia 12 de outubro de 1930. O imóvel foi ocupado pelos legítimos destinatários, mas a festa não aconteceu, e o leitor irá descobrir por que não aconteceu.

Ao longo de todos os capítulos, o leitor é habilmente direcionado para a valorização do processo educacional, através de narrativas que conduzem à um novo conceito de escola.

Este livro terá um pré-lançamento, no dia 15 de agosto próximo, com início às 18:00h, na Rua Mariz e Barros, 273, bairro Tijuca, no atual ISERJ.

Ótima oportunidade para: convidados, ex-alunas e ex-professoras do Instituto de Educação adquiram o livro, além do prazeroso reencontro de colegas e da visita a aquele espaço de beleza singular e de grata memória.