Atenção

Fechar

álbum de fotos

TRAGÉDIA em BRUMADINHO foi provocada por rompimento de Barragem de rejeitos da Vale

Três anos após a tragédia do rompimento da Barragem de Fundão da Samarco (controlada pela Vale e BHP) , desta vez foi a Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, também em Minas. Até o momento são 60 mortos confirmados e cerca de 300 desaparecidos, no que já é considerada a maior tragédia ambiental provocada por barragem no mundo. Fotos aéreas da Agência Brasil // Isac Nóbrega/ da Presidência e do Movimento dos Atingidos por Barragens, por Isis Medeiros.

Foto de sobrevoo de autoridades para ver os impactos do

Foto de sobrevoo de autoridades para ver os impactos do "rio" de lama que se formou a partir do rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isac Nóbrega- PR

Foto do Cemitério de Brumadinho - que precisou abrir 60 novas covas para o enterro de vítimas de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto do Jornalista Paulo Cabral

Foto do Cemitério de Brumadinho - que precisou abrir 60 novas covas para o enterro de vítimas de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto do Jornalista Paulo Cabral

Foto de familiar de vítima atingida pelo rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isis Medeiros - MAB

Foto de familiar de vítima atingida pelo rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isis Medeiros - MAB

Foto do Sobrevoo do Presidente Jair Bolsonaro para ver o rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isac Nóbrega/ PR

Foto do Sobrevoo do Presidente Jair Bolsonaro para ver o rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isac Nóbrega/ PR

Foto do rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Da Agência Brasil

Foto do rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Da Agência Brasil

Foto de sobrevoo de autoridades para ver os impactos do
Foto do Cemitério de Brumadinho - que precisou abrir 60 novas covas para o enterro de vítimas de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto do Jornalista Paulo Cabral
Foto de familiar de vítima atingida pelo rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isis Medeiros - MAB
Foto do Sobrevoo do Presidente Jair Bolsonaro para ver o rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Foto de Isac Nóbrega/ PR
Foto do rompimento de Barragem do Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho (MG) / Da Agência Brasil

***
As fotos e imagens de Plurale em revista© e Plurale em site© são de uso exclusivo, não sendo permitida a reprodução parcial ou total. Consultas sobre venda de imagens podem ser feitas através do e-mail agencia@plurale.com.br.