Atenção

Fechar

COP 21

Florestas são destaques no segundo dia da COP-21

Do CEBDS/ De Paris

As florestas foram destaque no segundo dia da COP 21, contribuindo para chamar a atenção do mundo para o tema, trabalhado no Brasil pelo Conselho Empresarial Brasileiro pra o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) em conjunto com a Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura. Durante evento do chamado “Dia da Floresta” (Forest Day), o príncipe Charles, ativista da luta pela proteção de florestas tropicais, elogiou a política brasileira de combate ao desmatamento da Amazônia.
De acordo com Charles, o Brasil demonstra que “tudo é possível” quando vontade política e liderança se somam à mobilização da iniciativa privada e da sociedade civil”.

No mesmo local, em um evento paralelo, o chairman da Fibria e membro do Comitê Executivo do WBCSD, José Luciano Penido, falou sobre o modelo inovador da Coalizão, plataforma que reúne empresas e sociedade civil. Penido destacou o papel da iniciativa na construção das metas voluntárias apresentadas pelo Brasil às Nações Unidas (INDC), por meio de sugestões e propostas ao governo, e da continuação do trabalho pós-Paris, para implementação da INDC. Segundo ele, sem as florestas não haverá solução para o clima.Entre os compromissos assumidos pela delegação brasileira na COP21, expressos na INDC do país, está zerar o desmatamento ilegal da Amazônia até 2030 e reduzir em 43% as emissões de gases de efeito estufa no mesmo período, em relação a 2005.

Obama defende acordo vinculante

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mencionou pela primeira vez, nesta terça-feira, que deseja ver um acordo “legalmente vinculante” – com força de implementação obrigatória – para redução das emissões de gases de efeito estufa. A declaração sinaliza uma mudança de discurso de seu país.





Ir para lista de artigos e notícias


0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!