Atenção

Fechar

Social

Com recorde de inscrições, Fundo Baobá adia resultado do processo seletivo de edital em parceria com a Coca-Cola Brasil

De São Paulo

O Fundo Baobá, organização sem fins lucrativos cuja missão é promover os direitos humanos por meio de ações voltadas à equidade racial no Brasil, adiou para o dia 30 de junho de 2016 o resultado do processo seletivo do edital “Cultura Negra em Foco”, lançado em parceria com a Coca-Cola do Brasil, em virtude do recorde de inscrições.

Desde o lançamento do edital, em dezembro de 2015, foram recebidas mais de 900 propostas, número que superou as expectativas. Por isso, com o objetivo de manter o rigor do processo seletivo e em razão do volume de projetos, os organizadores decidiram pelo prazo adicional.

O edital “Cultura Negra em Foco” é direcionado a organizações com ou sem fins lucrativos que desenvolvem projetos inovadores na divulgação da cultura e da identidade negras no Brasil. Ao todo serão destinados R$ 400 mil a dez iniciativas, escolhidas pela Comissão de Seleção, formada por representantes indicados pela Coca-Cola Brasil e pelo Fundo Baobá, com base em critérios como: capacidade de promover a cultura e a identidade negra, a presença de afrodescendentes na coordenação e no desenvolvimento dos projetos, alcance do impacto dos recursos, inovação e sustentabilidade.

As organizações selecionadas serão contatadas por e-mail ou telefone e seus nomes serão divulgados no site (www.baoba.org.br) e nas mídias sociais do Fundo Baobá.

Sobre o Fundo Baobá

Criado em 2011, o Fundo Baobá visa mobilizar pessoas e recursos, no Brasil e no exterior, para apoiar projetos pró-equidade racial de organizações da sociedade civil (OSCs) afro-brasileiras, promover a filantropia para a justiça social no País, além de apoiar esforços que contribuam para a sustentabilidade político-financeira destas OSCs, mantendo sua contínua capacidade de implantar projetos efetivos.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!