Atenção

Fechar

Pelas Empresas

Cielo sobe duas posições em avaliação sobre controle ambiental

Da Cielo

A Cielo passou da nota C para B (pulando B-) de acordo com o Carbon Disclosure Program, que coletou, em 2019, dados de companhias que representam 50% do mercado global

A Cielo avançou duas posições em avaliação do CDP (Carbon Disclosure Program), relativa a 2019, passando direto da nota C para B (pulando B-). A avaliação do CDP sobre o controle da emissão de gases poluentes pelas maiores empresas globais está entre as mais importantes e reconhecidas no mundo.

Anualmente, a organização coleta dados de riscos e oportunidades relacionados às mudanças climáticas de mais de oito mil companhias com atividades em todos os continentes, que representam cerca de 50% do mercado global.

O questionário do CDP avalia, em notas de "A" a "D-", quesitos como divulgação, consciência, gestão e liderança das empresas sobre emissão de gases e investimentos em ações de mitigação do nível de poluentes liberados na atmosfera.

Em relatório, a Cielo informou sobre emissões de amplo espectro de categorias, como, por exemplo, consumo de energia, logística de suas operações e de parceiros, consumo das maquininhas em poder de clientes, deslocamento de colaboradores, além de aumentar a transparência de dados com a inclusão da Stelo, adquirida em 2018. E ainda evidencia oportunidades e riscos decorrentes das mudanças do clima.

A Cielo participa do reporte de emissões ao CDP desde 2013, evoluindo na gestão de sua estratégia climática. Organização sem fins lucrativos, o CDP opera o sistema global de divulgação para que investidores, empresas, cidades, estados e regiões gerenciem seus impactos ambientais.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!