Atenção

Fechar

Artigos e Estudos

Meu amigo, Carlos Lessa

Por Roberto Saturnino Braga, Colunista de Plurale (*)

Na consideração dos dias de hoje, Carlos Lessa foi o último dos grandes pensadores do Brasil.

Pensador no sentido mais profundo e abrangente, de conhecimento e análise da realidade do nosso País e de suas perspectivas.

Economista brilhante, destacadíssimo em sua geração, foi uma das figuras maiores, ao lado de Celso Furtado, do debate e das formulações do nosso desenvolvimentismo.

Desenvolvimentista da teoria e da prática, teve gestão de grande eficiência na Presidência do BNDES -- Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, que tive a oportunidade de acompanhar.

Brilhante e destacada, também, foi sua gestão como Reitor da UFRJ, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde lecionou por vários anos, reconhecido com professor emérito.

Conversador também brilhante requisitado em qualquer grupo social das últimas décadas, pela sua vasta cultura e riqueza de expressão.

Carlos Lessa agradava e orgulhava todos os seus amigos, pela inteligência, pelo conhecimento, pelo caráter, e ainda pelo seu amor especial ao nosso Rio de Janeiro.

(*) Ex- senador, é presidente do Centro Celso Furtado.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!