Atenção

Fechar

Mulher

Fundo para ações de enfrentamento à violência contra mulheres e meninas lança hotsite

O espaço virtual é mais um passo do Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violência contra as Mulheres e Meninas, que tem o objetivo de reduzir os impactos da violência ao apoiar os serviços públicos de abrigamento e proteção e oferecer suporte para a recolocação profissional de mulheres, ajudando-as no enfrentamento a curto, médio e longo prazos
Imagem de ilustração utilizada no projeto Acolhe

O Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências Contra as Mulheres e Meninas, anunciado no último mês de julho, ganhou mais uma importante ferramenta para sua divulgação. Lançado pela Accor e Instituto Avon, com o apoio do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), o fundo agora tem um hotsite (http://www.fundoisp.com.br), com objetivo de captar novos parceiros, divulgar os projetos provenientes deste investimento em detalhes e mostrar transparência para empresas que já compõem o fundo.

Pelo novo endereço virtual, empresas interessadas em fazer parte da causa podem conhecer as formas de participar. Para pessoa jurídica, é possível entrar no Fundo seja como Empresa Gestora (doações a partir de R$450 mil), participando do Comitê Gestor do Fundo, responsável por definir as organizações e projetos a serem beneficiados; seja como Empresa Apoiadora (doações entre R$250 mil e R$450 mil), ou, ainda, como Empresa Parceira (doações entre R$50 mil e R$249 mil). O site também traz um espaço para contribuição de pessoa física.

No hotsite, o Fundo também esclarece sua meta em captar R$10 milhões para destinar a organizações que atendam às necessidades materiais, psicológicas e jurídicas das mulheres e crianças em situação de violência, com o objetivo de suprir a insuficiência e a defasagem dos serviços públicos de abrigamento e proteção às vítimas em 2020 e 2021.

Além disso, a forma como os recursos captados serão aplicados também ganhou destaque no conteúdo. São elas: distribuição de 4.500 cestas básicas, durante quatro meses, para famílias lideradas por mulheres; ajuda emergencial de R$ 150 por mulher, por mês, durante quatro meses, para 60 mulheres egressas do abrigamento (em cada estado), impactando, ao menos, 500 mil mulheres ao ano; apoio psicológico e jurídico a 1.500 mulheres; 4.200 diárias em hotéis operados pela Accor em todo o Brasil, com pensão completa, para mulheres e filhos em situação de violência; e apoio a cinco organizações para ações de advocacy, aquelas cujo objetivo seja o de influenciar e potencializar a criação e implementação de políticas públicas relativas à causa do fim da violência contra mulheres e meninas.

"O Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas reforça o quão fundamental é o papel da iniciativa privada para conter os impactos da pandemia na vida de tantas mulheres, especialmente aquelas em situação de violência. O novo hotsite veio para complementar essa iniciativa, de forma a nos ajudar a concentrar todas as informações sobre a gestão do fundo, os projetos por ele impactados, bem como o destino dos recursos, com transparência e credibilidade", destaca Daniela Grelin, diretora executiva do Instituto Avon.

Projeto Acolhe

Um importante destaque no hotsite é o Acolhe, projeto da Accor financiado pelo Fundo. "O Acolhe é uma iniciativa para hospedar e capacitar mulheres vítimas de violência, oferecendo-lhes um abrigo temporário nos hotéis operados pela Accor, além de dispor ferramentas para auxiliar na construção de um futuro com mais protagonismo, autoconfiança e autonomia para essas mulheres", explica Magda Kiehl, vice-presidente sênior de Jurídico, Riscos e Compliance Accor América do Sul e líder do Riise - Programa Mundial de Diversidade de Gênero da Accor.

"Ao todo, 295 hotéis da Accor, localizados em 133 municípios no país, vão beneficiar milhares de mulheres. Esse recurso é proveniente do fundo de emergência global da Accor, o Heartist Fund, dedicado a iniciativas de solidariedade às vítimas do novo coronavírus. Aliada com medidas de segurança física e sanitização, o objetivo é prover hospitalidade, conforto e acolhimento às mulheres desde o momento do check-in", completa Magda.

Os projetos financiados pelo fundo se apoiarão em algumas frentes de atuação, consideradas prioritárias para a proteção de mulheres e crianças em situação de violência e vulnerabilidade: abrigamento, segurança alimentar, suporte jurídico e psicológico, capacitação para a inserção socioeconômica e fortalecimento de políticas públicas de proteção à mulher.

Mulheres em situação de violência devem acessar o site do Mapa do Acolhimento para encontrar os serviços públicos de proteção disponíveis para abrigamento, que podem ser hotéis, casas-abrigo ou casas de passagem.

Para saber mais acesse http://www.fundoisp.com.br ou envie um e-mail para contato@fundoisp.com.br.

Para download da imagem clique aqui.

Sobre o Instituto Avon

Há 17 anos, o Instituto Avon se dedica em salvar vidas e é por isso que sempre apoiou e desenvolveu ações que tenham em sua essência a premissa de superar dois dos principais desafios à plena realização da mulher: o combate ao câncer de mama e o enfrentamento das violências contra as mulheres e meninas. Ano após ano, o trabalho do instituto tem contado com parcerias importantes e a colaboração e dedicação de muitas pessoas e organizações para fazer com que, a cada dia, mais pessoas recebam informações sobre as causas e saibam como agir. Como braço de investimento social da Avon, empresa privada que investiu mais de 170 milhões em ações sociais voltadas às mulheres no Brasil, o Instituto já apoiou a realização de mais de 420 projetos e ações, beneficiando 5,7 milhões de mulheres.

Violências contra as mulheres e meninas

No enfrentamento das violências contra as mulheres e meninas, o Instituto Avon atua há 12 anos e já destinou R$ 39 milhões para 225 projetos voltados ao fortalecimento e integração da rede de proteção à mulher em situação de violência. Além disso, já contribuiu com a formação de mais de 12 mil agentes públicos (policiais, ouvidores, juízes, e agentes de saúde), apoiou mais de 2 mil advogadas e terapeutas para oferecer serviços voluntários às mulheres em situação de violência, mais de 5 mil atendimentos online pelo Mapa do Acolhimento e 10 mil atendimentos online pelo aplicativo Mete a Colher e mais de 100 empresas participantes da Coalizão Empresarial pelo fim das violências contra mulheres e meninas.

Para cumprir com a missão de mobilização da sociedade, as iniciativas do Instituto se dividem em quatro grandes pilares de atuação: Conhecimento, Articulação, Apoio a Projetos e Engajamento e Impacto. Mas, o grande diferencial da organização sem fins lucrativos para a concretização de seus projetos e ações é a capacidade de articulação de diferentes stakeholders, como empresas públicas e privadas, funcionários, ONGs, movimentos sociais, organismos internacionais e órgãos públicos de todas as esferas. Além disso, o Instituto conta ainda com a força de vendas Avon, composta por mais de um milhão de Revendedoras, que disseminam conhecimento sobre as causas e atuam como rastreadoras de necessidades específicas de atendimento da população em suas respectivas comunidades.

Essa capilaridade e abrangência permitem ao Instituto Avon estar presente em 100% dos municípios brasileiros.

Quer saber mais? Acesse nossas redes: www.avon.com.br/institucional/instituto-avon

Accor e a quidade de gêneros

O empoderamento feminino e a equidade de gêneros são questões importantes para a Accor. Em 2013, a empresa de hospitalidade criou o Riise - Programa Mundial de Diversidade de Gênero da Accor para promover iniciativas relacionadas ao protagonismo feminino, à saúde, ao bem-estar e aos direitos das mulheres bem como à proteção e ao combate da violência contra as mulheres. A Accor é signatária do WEPs (Princípios de Empoderamento das Mulheres), do HeForShe, iniciativas globais da ONU Mulheres, e da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos no Brasil do UNFPA (Fundo de População das Nações Unidas).

Sobre a Accor

A Accor, líder mundial em hotelaria de excelência, proporciona experiências únicas e significativas em mais de 5.000 hotéis e complexos residenciais em 110 países. Com sua expertise de 50 anos no setor, o grupo possui um portfólio incomparável de 39 marcas de hotéis que incluem desde acomodações luxuosas até econômicas e contam com o apoio de um dos programas de fidelidade mais atrativos do mundo.Accor é um grupo líder de hospitalidade aumentada que oferece experiências únicas e significativas em 5.000 hotéis, resorts e residências em 110 países. O Grupo vem adquirindo experiência em hospitalidade há mais de 50 anos, resultando em um portfólio incomparável de marcas, do luxo à econômica, apoiado por um dos programas de fidelidade mais atraentes do mundo.

Além de acomodações, Accor permite novas formas de viver, trabalhar e aproveitar com marcas de Alimentos&Bebidas, vida noturna, bem-estar e marcas coworking. Accor também oferece soluções digitais que maximizam a distribuição, otimizando as operações de hotéis e melhorando a experiência do cliente.

Accor está profundamente comprometida com a criação de valores sustentáveis e desempenha um papel ativo em devolver ao planeta e à comunidade por meio do Planet 21 - Acting Here e da Accor Solidarity, fundo de doação, que oferece a grupos desavantajados acesso ao emprego por meio de treinamento profissional.

Os esforços do Planet 21 - Acting Here estão voltados para a "hospitalidade positiva", enquanto a Accor Solidarity, fundo de doação, empodera pessoas em situação vulnerável por meio de treinamentos profissionais e acesso ao emprego.

Accor SA é listada publicamente na Bolsa de Valores de Paris Euronext (código ISIN: FR0000120404) e no mercado OTC (Ticker: ACRFY) nos Estados Unidos.

Para mais informações, acesse all.accor.com ou nos siga no Twitter e Facebook.
http://all.accor.com/event/all_safe.pt-br.shtml






Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!