Atenção

Fechar

ESG ESG

Bradesco emite R$ 1,211 bi em letra financeira verde e se torna primeiro grande banco de varejo a realizar lançamento ESG

22 de dezembro de 2020 - De São Paulo

O Bradesco anuncia a emissão de seu primeiro título de letra financeira atrelado a critérios ESG (ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês), tornando-se o primeiro grande banco de varejo a realizar captação com atributos de sustentabilidade. O total do lançamento alcançou R$ 1,211 bilhão e é, também, o maior de um título com rótulo sustentável já feito por um banco privado brasileiro.

A emissão foi realizada por meio de letra financeira, com oferta privada no mercado interno, com prazo de 30 meses e taxa de CDI+0,60%.


Os recursos serão usados para financiar projetos de usinas eólicas e solares, principalmente. Os recursos também serão utilizados para áreas que promovem uma economia menos intensiva em carbono, como eficiência energética e operacional, transporte limpo e edificações sustentáveis (green building).


“O volume captado demonstra que esse mercado veio para ficar e o preço representa a qualidade da marca Bradesco em termos de referência aos investidores” afirma o vice-presidente do Bradesco, Cassiano Scarpelli (foto). “Temos compromisso institucional de apoiar o mercado ESG, construir uma economia mais limpa e resiliente às mudanças climáticas. A iniciativa evidencia o avanço da gestão de sustentabilidade no Bradesco”.

O selo verde da emissão foi concedido pela Sitawi, que verificou a adequação da destinação dos recursos e o processo de gestão do título. A emissão segue as diretrizes do Framework de Finanças Climáticas do Bradesco (disponível no site www.bradescosustentabilidade.com.br), que está alinhado às principais referências internacionais sobre instrumentos financeiros com viés de sustentabilidade.

Os desembolsos e impactos positivos gerados, principalmente em termos de emissões de carbono evitadas, serão monitorados e divulgados anualmente pelo Banco.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!