Atenção

Fechar

Energia & Crédito Carbono

Instituto E+ lança guia prático sobre conceitos da transição energética

Manual está disponível gratuitamente no formato digital e esclarece termos do setor energético relacionados à mitigação das mudanças climáticas

Do Instituto E+

Com o intuito de colaborar com a promoção da transição energética – processo de mudança da matriz energética para fontes de energia renováveis – o Instituto E+ elaborou o Manual de Termos e Conceitos sobre Transição Energética, que oferece um alinhamento de conceitos utilizados no debate entre atores do setor de energia. A publicação, que está disponível gratuitamente no formato digital , é direcionada a comunicadores, gestores dos setores públicos e privados e representantes de organizações não governamentais, que atuam nas áreas de energia e sustentabilidade.

De forma clara, o guia aborda alguns dos termos mais usuais, incluindo esclarecimentos sobre expressões mal-empregadas ou dúbias, que geram confusões de interpretação e significativas falhas na comunicação do setor. Segundo o diretor executivo do Instituto E+, Emílio Matsumura, o melhor entendimento desses conceitos facilita um debate mais consistente sobre o tema, que é complexo e, ao mesmo tempo, fundamental para o futuro do Brasil. “Em casos extremos, a diferença de conceitos pode representar a discussão sobre o futuro em dois planetas diferentes, como é o caso do uso trocado dos conceitos de “neutralidade de carbono” e “neutralidade climática”, bem díspares entre si.”

De acordo com o manual, a neutralidade de carbono é obtida quando as emissões líquidas de CO2 de um sistema somam zero em um determinado período. Em outras palavras, há neutralidade de carbono quando a captura e as emissões de CO2 na atmosfera são equivalentes. Já a neutralidade climática acontece quando não há nenhum efeito líquido no sistema climático decorrente de ações humanas. Ou seja, além do balanço entre emissões e remoções de gases de efeito estufa da atmosfera, a neutralidade climática diz respeito também a outros efeitos regionais ou locais no clima local.

Faça download gratuito do manual pelo link e tenha acesso a essa e outras publicações do Instituto E+ pelo site www.emaisenergia.org.

A publicação foi lançada na última terça-feira, 19, durante evento online realizado pelo Instituto E+, que reuniu especialistas do setor para um debate sobre os desafios e oportunidades da transição energética. Participaram o presidente da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia (Abrace), Paulo Pedrosa; do coordenador do programa de energia do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), Clauber Leite; do deputado federal Alessandro Molon (PSB) e do ex-diretor da ANEEL, professor Edvaldo Santana.

De acordo com Paulo Pedrosa, do Idec, "a cartilha que hoje estamos apresentado é extraordinária. Tenho 32 anos na área de energia e, ao folhear a cartilha ontem, ia me surpreendendo com alguns vazios do meu próprio conhecimento. Essa cartilha nos permite a oportunidade de, numa forma muito simples, visitar ou revisitar conceitos que são muito importantes antes de a gente começar a discutir assuntos que têm consequências gigantes para a economia brasileira. E um deles é esse da transição energética."

Sobre o Instituto E+ Transição Energética
O Instituto E+ é um think tank independente que promove o amplo diálogo com representantes de todos os setores para pautar a transição energética brasileira como vetor para o crescimento econômico de baixo carbono. O E+ faz parte da rede International Network of Energy Transition Think Tanks (INETTT).







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!