Atenção

Fechar

Destaques

Al Gore: uma voz muito conveniente em tempos de incertezas

Por Sônia Araripe, Editora de Plurale

Nestes tempos de tantas incertezas, nada melhor do que ouvir a "voz da experiência".

A palestra virtual de 25 de maio foi com #AlGore - o ex-vice-presidente dos EUA, homem totalmente dedicado hoje ao tema sustentabilidade/ mudanças climáticas. Um líder inspirador.

Evento "Cidadão Global 2021", patrocinado pelo Santander Brasil e Valor Econômico.

Palestra MUITO interessante. Al Gore começou com análise sobre o cenário global atual , faltou sobre o papel dos EUA neste diálogo, agora com Biden. e foi tecendo comentários até chegar ao Brasil. Estivemos #aovivo pelo twitter @pluraleemsite - quem quiser pode ir lá e conferir todos os posts.

"Sou otimista, acredito em uma revolução sustentável, ainda mais impactante do que a industrial", afirmou, tendo como consequências positivas a geração de empregos verdes e a redução de pobreza e desigualdades para os mais vulneráveis. O autor de "Uma verdade inconveniente" falou sobre as vantagens comparativas do Brasil neste quadro, como energia eólica e solar com baixos custos - assim como a possibilidade de ter uma agricultura sustentável, que não provoque o desmatamento. Fez, no entanto, importante alerta que a "Amazônia corre o risco de se transformar em savana", se nada for feito para evitar mais desmatamento. Citou relatório da Swiss Re para advertir que se o Brasil continuar na trajetória atual de política ambiental "pode perder 17% de seu PIB até 2048".

Destacou o papel de empresas privadas, governos e consumidores nesta migração para a economia de baixo carbono. Falou sobre os pilares ESG, mas alertou para o "perigoso" caminho fácil do greenwashing".

O presidente do Santander Brasil, Sergio Rial, reforçou que o sistema financeiro brasileiro tem o compromisso e o desafio de auxiliar e financiar esta transformação para a economia de baixo carbono. E frisou os desafios para as empresas privadas e para a sociedade.

Em tempo. Na abertura, José Roberto Marinho, Vice-presidente do Grupo Globo e presidente da Fundação Roberto Marinho, falou sobre o papel da educação p a sustentabilidade. E também sobre o papel dos povos indígenas e da Amazônia para a humanidade - citando a líder indígena de Roraima, Sineia do Vale.

A palestra completa está no Youtube.

#sustentabilidade #cidadaoglobal #algore #santander #valoreconômico #inspiração #brasil #esg #economia #baixocarbono #governancacorporativa #lideresempreendedores







Veja também

1 comentário | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Paulo Gramado |
Um editorial conveniente, devo ressaltar. Ao enaltecer o ponto de vista de Al Gore no Cidadão Global 2021, a Plurale reforça seu compromisso com ideias e propostas realistas e factíveis. O pensamento é de longo prazo, mas urgem ações de curtíssimo prazo para que consigamos dar um rumo adequado às práticas brasileiras, passem elas por iniciativas públicas ou privadas. Não se trata, de forma alguma, de uma "verdade inconveniente". Mas de um panorama real do que estamos plantando, há décadas, para as gerações futuras. Precisamos melhorar e muito.