Atenção

Fechar

Social

Fraternidade sem Fronteiras inaugura centro de acolhimento no Rio para atendimento às pessoas em situação de rua

Do Rio

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) acaba de inaugurar o Centro de Acolhimento Referência no Rio de Janeiro, uma ampliação de seu projeto Fraternidade na rua, que já possuía um polo no Mato Grosso do Sul. Localizado num espaço de 900 m2 na Rua do Senado, 52, no centro da cidade, o ponto é estratégico para os serviços às pessoas em situação de rua, como higiene, refeições, recolocação profissional e atendimento à saúde.

O local tem 20 banheiros divididos entre masculino e feminino, além de área para banho com duchas, triagem e atendimento médico, cozinha ampla, refeitório e sala para leitura. Além disso, empresas parceiras irão oferecer oportunidades para a recolocação profissional e o retorno aos estudos. Também serão servidos lanches e água ao longo do dia.

“Nossa intenção é aumentar os atendimentos conforme as doações cheguem. Toda a manutenção do Centro será feita pelo apadrinhamento no valor mensal mínimo de R$50 ao Projeto Fraternidade na Rua”, detalha o fundador-presidente da FSF, Wagner Moura Gomes.

O Centro funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Por dia, pelo menos 40 voluntários irão se
revezar para os atendimentos nas áreas de saúde, psicologia, assistência social, cozinha e artes. O espaço tem capacidade inicial de até 100 atendimentos por dia. Atualmente, a estimativa é de que 16 mil pessoas vivam pelas ruas do Rio de Janeiro.

Vimos diversas necessidades agravadas principalmente com a pandemia e, por isso, optamos pela criação deste centro para não só oferecer um prato de comida ao longo do dia, mas também um local com acolhimento de forma fraterna”, explica a coordenadora do Fraternidade na Rua - polo Rio de Janeiro, a médica Isabel Nascimento. "Pretendemos resgatar a identidade e dignidade dessas pessoas”, continua.

- Projeto Fraternidade na Rua - o atua de forma expansiva na criação, manutenção e ampliação de diversas frentes de trabalho na transformação de pessoas em situação de rua no Brasil. É mantido pelo sistema de apadrinhamento, doações e mobilização de voluntários sensíveis à causa.

- Sobre a Fraternidade sem Fronteiras – A FSF é uma Organização humanitária e Não-Governamental, com sede em Campo Grande (MS) e atuação brasileira e internacional. A instituição possui 68 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda, abraça projetos de crianças com microcefalia e doença rara.

Todos os trabalhos são mantidos por meio de doações e principalmente pelo apadrinhamento. Com R$ 50 mensais é possível contribuir com um projeto e fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.fraternidadesemfronteiras.org.br







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.