Atenção

Fechar

Artigos e Estudos

O ecossistema de ações e a interligação do respeito à biodiversidade

Por Renato Carneiro Filho (*)

É de conhecimento geral que, quando falamos sobre biodiversidade, nos referimos à variedade de espécies de seres vivos existentes em nosso planeta, bem como aos papeis interdependentes desses seres na natureza. Apesar de a importância de cada organismo vivo para o equilíbrio ambiental ser de amplo conhecimento, ainda observamos uma crescente perda da biodiversidade e, historicamente, as sociedades humanas estão no centro desse processo.

O princípio básico de que todas as formas de vida devem ter a sua existência preservada deveria ser a razão primordial para prevenirmos a extinção de espécies. Entretanto, ainda é necessário um reposicionamento dos atores sociais e econômicos com relação a esse princípio e o entendimento de que cada espécie e cada metro quadrado de mata têm funções específicas e fundamentais para o equilíbrio natural e, consequentemente, para a nossa própria existência na Terra.

Nesse caminho, se faz mais que necessário o envolvimento de corporações que entendem suas responsabilidades socioambientais em ações que contribuam com a proteção da biodiversidade do planeta. Apesar de lento, este é um movimento cada vez mais comum, dada a relevância do tema.

Da mesma forma que o conceito de biodiversidade de baseia na múltipla existência de seres e na preciosa interligação entre eles, o elemento-chave que deve ser vivido pelas organizações em busca de uma atuação sustentável é justamente a conexão das ações em uma cadeia de atores e valores que realmente gere impactos positivos significativos.

Já não basta mais que as empresas revejam seus procedimentos de forma a minimizar seu impacto ou em otimizar o uso de recursos não renováveis. Isso é o mínimo a ser feito. As companhias precisam conectar essa necessidade de uso inteligente de recursos naturais com ações de regeneração dos mesmos e de proteção do meio ambiente. E não para por aí. Essa cadeia sistêmica somente estará completa quando também forem criados mecanismos voltados para o cuidado às pessoas. Somente assim o ciclo se fecha, na interligação de ações de que tanto se fala nos conceitos de ASG. É salutar entender que, assim como funciona na natureza, as ações de proteção ao meio ambiente e de cuidado social somente geram resultados impactantes quando trabalhadas de forma unificada.

Um exemplo disso são as ações de restauração de matas nativas. Não basta apenas não desmatar. É relevante que também se crie formas de recuperar parte da mata perdida no passado, conscientizar a população sobre a importância de proteger essas parcelas de mata e apoiá-la para que encontre formas de garantir seu sustento sem que haja pressão sobre esses fragmentos que resultam em desmatamento ou perdas para a biodiversidade na região.

Na Veracel, por exemplo, esse jeito de fazer iniciativas em cadeia tem sido direcionador de esforços e investimentos. A empresa realiza ações de restauração e já plantou mais de 5,5 milhões de árvores nativas, além de desenvolver programas de conscientização para combater o desmatamento e a caça. Nesse ritmo, a companhia também apoia a execução de projetos de agricultura familiar, com base no conceito de agroecologia, associando a produção de alimentos saudáveis com a recuperação ambiental, implantação de sistemas agroflorestais e de programas de geração de renda que fomentam um ciclo virtuoso de fortalecimento social, o que faz uma diferença real na preservação ambiental. Outro rico exemplo é o projeto de meliponicultura conduzido pela empresa junto a comunidades da região Sul da Bahia. A atividade consiste na criação de abelhas sem ferrão, uma alternativa que gera renda com base na produção do mel e de outros produtos, além de auxiliar na regeneração do meio ambiente, por meio do processo de polinização das abelhas.

Também trabalhamos essa interligação de ações na região costeira, ao longo da rota de barcaças que fazem o transporte marítimo da celulose produzida pela Veracel desde 2005. Essa é uma solução que gera eficiência para a empresa, diminui o tráfego de caminhões nas estradas e reduz a emissão de CO2 na atmosfera. Ao optar por esse modal de transporte de celulose, a companhia aplicou o “ecossistema de ações”: uma série de medidas que consideram todos os aspectos de uma navegação segura, tanto para a vida marinha, quanto para as pessoas que tiram seu sustento do mar. Com esse objetivo, a Veracel fez ajustes de rota junto com as embarcações que transportam sua celulose e, em parceria também com o Instituto Baleia Jubarte (IBJ), implementou tecnologias que previnem o risco de colisões com baleias Jubarte que, entre os meses de junho e novembro, migram para a costa brasileira para acasalar e procriar. A companhia ainda mantém programas de monitoramento de cetáceos e de tartarugas marinhas que ajudam a proteger ninhos e cuidam do período reprodutivo das tartarugas nas praias da região. Por fim, a empresa ainda trabalha em parceria com a comunidade de pescadores, apoiando a sua segurança no mar e o seu desenvolvimento sustentável da pesca artesanal.

Ações como essas, que buscam a redução de impactos de atividades produtivas ao mesmo tempo em que trabalham em prol restauração do meio ambiente e do desenvolvimento social, conectam o respeito à biodiversidade a uma frente com resultados de longo prazo, na busca por uma sociedade mais sustentável e equilibrada. Afinal, não basta apenas plantar árvores, precisamos de união para construir o caminho até que elas possam dar sombra e, dessa forma, trabalharmos um ecossistema de ações com foco em não apenas restaurar o meio ambiente, mas, sim, efetivamente melhorar vidas.

(*) Renato Gomes Carneiro Filho, Diretor de Sustentabilidade e Relações Corporativas da Veracel.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.