Atenção

Fechar

Pelas Empresas

Liqi, startup especializada em tokenização de ativos, capta R$27,5 milhões em Série A

Rodada de investimentos foi liderada pelo Kinea Ventures, fundo de Corporate Venture Capital do Itaú Unibanco, Oliveira Trust e Honey Island by 4UM

São Paulo, janeiro de 2022 – A Liqi, startup de tokenização de ativos baseada em blockchain, acaba de anunciar um aporte Série A de R$27,5 milhões liderado pelo fundo de Corporate Venture Capital do Itaú Unibanco; Oliveira Trust, empresa financeira referência em soluções para administração de fundos e serviços fiduciários no Brasil e o fundo Honey Island by 4UM, criado em parceria entre a Honey Island Capital e a 4UM Investimentos. A empresa pretende utilizar o montante para dobrar a equipe em seis meses, com o objetivo de quebrar o paradigma do mercado financeiro tradicional de investimentos, com o uso da tecnologia do blockchain.
“Desde que criamos a Liqi, nossa missão é conectar blockchain, tokens e criptomoedas ao mercado tradicional financeiro. Estamos muito felizes com essa rodada por contar com parceiros tão estratégicos e com sinergia com nosso negócio. A Liqi passa a ter sócios que aproximam a agenda cripto à regulatória, movimento importante para a viabilização do nosso proposito”, Daniel Coquieri, CEO da Liqi.
Para Philippe Schlumpf, que está à frente do Kinea Ventures, “como um fundo de investimento de um dos principais bancos do país, investir na Liqi foi algo natural em função das tendências no mercado de tokenização e cripto. O potencial de modernização do mercado já é reconhecido mundialmente e acreditamos que, com a Liqi, teremos a oportunidade de acelerar em termos de inovação tecnológica e lançamento de novos produtos”.
A Oliveira Trust é uma das maiores e mais tradicionais prestadoras de serviços de administração, custódia e escrituração de Fundos de Investimento, atua ainda no serviço de agente fiduciário em emissão de debêntures, LIGs, CRIs, CRAs e agente de garantia em operações estruturadas de securitização de direitos creditórios. Para José Alexandre Freitas, CEO da companhia (foto abaixo), “a Liqi é uma das empresas de tokenização com maior potencial de desenvolvimento de operações para o mercado de capitais e esse era o momento da Oliveira Trust de investir para oferecer aos clientes uma nova oportunidade de investimento, agregando valor à missão da empresa de trazer inovação para o tradicional”.


Já o Honey Island by 4UM, fundo de investimento que conta com recursos dos controladores do Paraná Banco e do EBANX, aposta no crescimento exponencial da Liqi: “o nosso objetivo é apoiar empreendedores que pensam grande na construção de negócios transformadores, como a Liqi, que em pouco tempo já tem feito grandes mudanças no mercado de investimentos”, diz Léo Jianoti, membro do Comitê de Investimentos do Fundo.
Fundada em 2021, a startup possui dois produtos: a Liqi, corretora que conta com ofertas primárias de tokens emitidos por empresas parceiras e que podem ser adquiridos por investidores, e a Tokenize, plataforma B2B que é responsável pela infraestrutura da emissão dos tokens via blockchain.
“Para 2022, nossa expectativa é transacionar 10 bilhões de reais na emissão de tokens e criptomoedas. Para isso, vamos lançar novos produtos voltados ao investidor na plataforma da Liqi, como a abertura da oferta secundária, - que é a negociação de investidor para investidor -, uma vertical de NFTs, além das criptomoedas e outros serviços que estão no nosso radar”, finaliza Coquieri.

Sobre a Liqi:
A Liqi é uma startup de tokenização e criptomoedas, que transforma ativos e negócios em frações digitais, os tokens, combinando a mais alta tecnologia em blockchain com a segurança digital dos smart contracts. Como um de seus grandes diferenciais, a empresa apresenta esse modelo de investimentos para evoluir o mercado e democratizar o acesso aos melhores investimentos em todo o Brasil. A Liqi foi fundada em 2021, pelos empresários Daniel Coquieri, Persio Flexa e André Montenegro e recebeu um aporte do Ipanema Ventures. Em menos de um ano, tem se destacado por tornar os investimentos mais acessíveis, criando parcerias e lançando tokens para grandes nomes como os clubes Cruzeiro, Coritiba e Ceará, na modalidade mecanismo de solidariedade; além de tokens de impacto da Raiar e Grupo Gaia e de recebíveis com a incorporadora Nigri.

Sobre o Itaú Corporate Venture Capital:
O fundo de Venture Capital do Itaú foi criado com o objetivo de gerar valor para o banco por meio de investimentos minoritários em startups nos setores de serviços financeiros e tecnologia. O fundo é uma das formas encontradas pelo Itaú para se manter próximo do ecossistema de empresas inovadoras que atuam em segmentos estratégicos para o banco, o que é vital em um meio ambiente altamente disruptivo. Os investimentos são realizados por meio do Kinea Ventures, gerido pela Kinea, de forma a viabilizar a iniciativa de Corporate Venture Capital do banco e posicioná-lo na vanguarda das principais inovações e soluções do mercado financeiro. O fundo de Venture Capital do Itaú atuará como parceiro das companhias, preservando a sua independência e contribuindo para alavancá-las e acelerar seu crescimento.

Sobre a Kinea:
Uma das principais plataformas de gestão de recursos do Brasil, a Kinea nasceu em 2007 em sociedade com o Itaú Unibanco. Com 145 colaboradores e mais de R$55 bilhões sob administração, a gestora é especializada em investimentos nos segmentos de Multimercados, Imobiliários, Previdência, Ações, Private Equity e Infraestrutura. Já o fundo de Venture Capital é fruto de uma nova parceria entre a Kinea e Itaú Unibanco, com o objetivo de estar conectado às principais inovações e soluções do mercado financeiro. Para conhecer mais, acesse: www.kinea.com.br

Sobre a Oliveira Trust:
Fundada em 1991, a Oliveira Trust é uma companhia aberta registrada na CVM e tem foco na prestação de serviços fiduciários ao mercado, em especial o serviço de Agente Fiduciário em emissões de valores mobiliários, o serviço de trustee em operações de securitização, a administração fiduciária de fundos de investimento e a prestação de serviços qualificados aos fundos.
O Grupo OT tem investido de forma permanente no desenvolvimento de plataformas digitais e sistemas próprios visando a qualidade e performance dos processamentos das operações, bem como no aumento do portfólio de produtos destinados ao mercado de capitais brasileiro.

Sobre o Honey Island by 4UM:
O fundo Honey Island by 4UM é resultado de uma parceria entre dois players complementares, com expertise em venture capital e mercado de capitais. Atuando com investimentos em startups desde 2015, a Honey Island Capital foi criada pelos fundadores do EBANX com o objetivo de ajudar a lançar uma nova geração de companhias globais, nascidas localmente. Em 5 anos construiu liderança no ecossistema e se posicionou entre os principais players de capital de risco early stage no sul do Brasil. Com mais de R$ 5 bilhões sob gestão, por sua vez, a 4UM Investimentos realiza a gestão de mais de 50 veículos de investimentos e tem mais de 20 anos de experiência em gestão de recursos, em especial fundos de ações, hoje classificados entre as melhores relações risco-retorno de suas categorias.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.