Atenção

Fechar

Energia & Crédito Carbono

Neoenergia inova e digitaliza processos de manutenção de ativos de transmissão

Companhia adotou nova solução para que atividades de inspeção e comissionamento sejam registradas em tempo real, aumentando a produtividade e a assertividade

Nova solução adotada pela Neoenergia gera ganho significativo de produtividade

A Neoenergia acredita na digitalização de processos como estratégia para acelerar a transição energética. Em mais um passo nessa direção, a companhia passou a adotar a Solução Mobile Inspeção e Comissionamento (SMIC) na manutenção dos seus ativos de Transmissão. A ferramenta, instalada em tablets distribuídos entre as equipes de campo, permitirá o registro das atividades do segmento em tempo real.

A solução é um aplicativo desenvolvido com integração ao sistema já utilizado para controle e gestão da manutenção dos ativos, o SAP módulo PM (Plant Maintenance). Entre os recursos disponíveis, estão abertura e encerramento de notas de manutenção e comissionamento, coleta de informações de operação, preenchimento de checklists e registro da Análise Preliminar de Riscos (APR).

Com base nessas informações, é possível acompanhar as atividades de forma mais rápida – antes, elas eram registradas em papel e posteriormente digitalizadas. "A nova solução permite às nossas equipes um ganho significativo de produtividade o que antes era feito em cerca de quatro horas, agora, pode ser concluído em meia hora. Além disso, ganhamos mais assertividade e rastreabilidade das informações, diminuímos os erros e ainda ajudamos o nosso meio ambiente reduzindo o consumo de papel", diz Carlos Eduardo Begosso, superintendente de Operação e Manutenção em Transmissão da Neoenergia.

Este sistema também é utilizado para atender ao Sistema de Gestão Geoespacializada da Transmissão (GGT), processo controlado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para cumprimento da exigência regulatória de manutenções preventivas das faixas de servidão – áreas no entorno das linhas de transmissão onde as construções não são permitidas. O novo SMIC permite, entre outras funcionalidades, que os técnicos façam as fotos necessárias para comprovar as inspeções, que são enviadas automaticamente com as marcações de data, hora e coordenada geográfica. Essas atividades têm o objetivo de manter a limpeza das faixas de segurança, reduzindo os riscos de desligamentos das linhas por queimadas e incêndios.

Os tablets em que a solução foi instalada podem ser utilizados mesmo em áreas remotas, com dificuldades de conexão. O sistema SMIC opera offline e, após o técnico retornar a uma área com acesso à internet, os dados registrados são enviados ao SAP, que registra as tarefas executadas.

A Neoenergia já utiliza outras tecnologias nos processos de operação e manutenção dos ativos de Transmissão. Um exemplo são os dispositivos de realidade aumentada adquiridos para auxiliar em fiscalização de serviços, manobras e inspeção de equipamentos e treinamentos, entre outras funcionalidades. Durante um dos períodos mais críticos da pandemia de covid-19, em julho de 2020, esses dispositivos permitiram o comissionamento de equipamentos importados para iniciar a operação da subestação Biguaçu (SC). O uso dessa ferramenta foi estendido para as atividades da distribuição.

Distribuição

As distribuidoras do grupo – Neoenergia Coelba (BA), Neoenergia Pernambuco (PE), Neoenergia Cosern (RN), Neoenergia Elektro (SP e MS) e Neoenergia Brasília (DF) – também utilizam soluções semelhantes à SMIC para a gestão das atividades. As empresas possuem um sistema de mobilidade em campo, o ClickSoftware, que roteiriza de forma automatizada as atividades diárias das equipes para atendimentos emergenciais, comerciais e preventivos, além de permitir o registro desse trabalho.

§ SOBRE A NEOENERGIA: Companhia de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Parte do grupo espanhol Iberdrola, a empresa atua no Brasil desde 1997, sendo atualmente uma das líderes do setor elétrico do país. Presente em 18 estados e no Distrito Federal, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As suas distribuidoras, Neoenergia Coelba (BA), Neoenergia Pernambuco (PE), Neoenergia Cosern (RN), Neoenergia Elektro (SP/MS) e Neoenergia Brasília (DF) atendem a mais de 15 milhões de clientes, o equivalente a uma população superior a 37 milhões de pessoas.

A Neoenergia possui 4 GW de capacidade instalada em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 2,1 mil km de linhas em operação e 4,5 mil km em construção. Por meio do Instituto Neoenergia, fomenta o desenvolvimento sustentável a partir de ações socioambientais e, assim, contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde a empresa atua, sobretudo, pessoas mais vulneráveis, visando sempre pelo desenvolvimento sustentável. A companhia é primeira empresa no País a patrocinar exclusivamente a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, dando nome à competição nacional, que passa a se chamar Brasileirão Feminino Neoenergia. Desde janeiro 2021, integra a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – que reúne companhias que possuem as melhores práticas de governança e sustentabilidade corporativa.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.