Atenção

Fechar

Pelo mundo

Europa terá maior crise de refugiados do século após saída de mais de 660 mil ucranianos do país

Além dos refugiados, a ONU confirma que mais de um milhão de pessoas foram deslocadas internamente no território da Ucrânia, país com 44 milhões de habitantes

Do Brasi l247 - Dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU) revelados nesta terça-feira (1) mostram que em seis dias de conflitos entre Ucrânia e Rússia, 600 mil ucranianos deixaram a Ucrânia para procurar refúgio em países vizinhos como Polônia e Hungria. A ONU considera que esta é a maior crise de refugiados da Europa.

Algumas das projeções da ONU apontam que, se o ritmo do êxodo continuar, mais de quatro milhões de pessoas buscarão refúgio nos países vizinhos às fronteiras da Ucrânia, revela o UOL.

Na tentativa de dirimir o caos diante da crise humanitária, a ONU deve anunciar um pacote de ações para a região.

Outra grande preocupação da agência é a discriminação contra africanos e pessoas de outras nacionalidades que estão sendo impedidas de entrar nos países que fazem fronteira com a Ucrânia. De acordo com a entidade, as evidências estão ainda sendo coletadas e pede para que nenhuma discriminação ocorra na fuga de pessoas da guerra.

Foto:© UNICEF/Viktor Moskaliuk
Pessoas esperam para embarcar em trem em Lviv, Ucrânia.






Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.