Atenção

Fechar

Pelas Empresas

Nespresso e Kobra entregam um presente para a cidade de São Paulo

Intervenção urbana na capital paulista conscientiza sobre as ações sustentáveis da marca enquanto eterniza a história da mulher que quebrou padrões na cadeia do café


Instrumento de transformação: essa é a visão do grafiteiro e muralista Eduardo Kobra sobre a arte. Seu posicionamento em prol de um amanhã positivo para as pessoas e para a natureza tornou possível e legítima a parceria com a Nespresso, pioneira em cafés de alta qualidade sustentável. A marca acredita que a produção de café é como uma arte, um catalisador para uma mudança positiva e para a quebra de padrões se o cuidado estiver em cada detalhe, e convidou o artista para um projeto de homenagem a toda a cadeia de produção do café -- do grão a xícara, com foco na preservação do meio ambiente e no cuidado com as pessoas.

A obra "Colheita" já nasceu com o desafio de superar padrões, tema da nova campanha "Padrões foram feitos para serem quebrados" de Nespresso, que chega ao Brasil para promover o mais novo sistema da marca: Vertuo. A nova obra desenvolvida pelo artista Eduardo Kobra homenageia uma mulher que quebrou padrões na cadeia do café: Lucimar Silva. O resultado foi um presente para a cidade de São Paulo, um mural com dimensão 25x10m, localizado na Rua Pedroso de Morais, 808 -- Pinheiros.

"Estou muito feliz em continuar esta parceria com a Nespresso, e dessa vez representando algo tão significativo para o Brasil, inspirado na história comovente da Lucimar. Com a obra "Colheita", quis mostrar uma mulher que rompeu diversos padrões na indústria do café para chegar onde está hoje e inspirar outras mulheres a também correrem atrás de seus sonhos", afirma Eduardo Kobra.

A intervenção artística dá continuidade à parceria com Kobra que começou no ano passado, quando o artista utilizou os conceitos de UpCycling para produzir a arte "Nossas ações dizem tudo", que evidenciava as ações da marca em todo o ciclo de vida do café e do alumínio, com um olhar cuidadoso sobre as pessoas que protagonizam essa história no campo e também com o próprio meio ambiente. A obra ficou exposta na vitrine da Boutique Nespresso na Rua Oscar Freire e agora pode ser encontrada na sede da marca, em São Paulo.

"A arte é um estímulo para mudanças positivas e para quebra de padrões, pois provoca sentimentos e emoções, que resultam em transformação. O olhar do Kobra é uma homenagem incrível a uma mulher que superou diversos desafios para chegar ao cargo mais alto de uma fazenda de café. O público poderá conhecer ainda mais de sua história e também as ações da Nespresso na cadeia produtiva do café, que vai do campo à reciclagem, com um profundo cuidado humano e sustentável por trás de cada xícara de café" contextualiza Monica Lopes, Diretora de Marketing da Nespresso no Brasil.

SOBRE A OBRA "COLHEITA"

"Colheita", a nova criação de Kobra, homenageia a cadeia do café e materializa o compromisso da marca com a sustentabilidade e o cuidado com as pessoas. O artista quis representar a quebra de padrões no campo e se inspirou na história de Lucimar Silva, Gestora Agrícola das Fazendas Guima Café, que fornecem café para a Nespresso. O mural traz a imagem de Lucimar em suas atividades no cafezal, local onde sua história começou. Rodeada por pés de café e segurando os frutos em suas mãos, matéria prima do seu trabalho, representa todas as mulheres trabalhadoras da cadeia do café e o seu compromisso com o meio ambiente, para dar origem ao café de alta qualidade sustentável da marca.

"Ter um pouco da história da minha vida, do meu trabalho, eternizada por meio da arte é a certeza que tudo valeu a pena. Ser homenageada pela Nespresso e por um dos artistas mais talentosos da atualidade, que respira essência, empatia e é brasileiro, é ainda mais emocionante! Ter a força feminina na cadeia do café representada em uma é algo extraordinário, inimaginável em qualquer um dos meus sonhos. Obrigada, Nespresso e Kobra!", celebra Lucimar Silva.

A paixão de Lucimar pela cafeicultura começou cedo, aos seus 14 anos, quando já colhia café na fazenda. Com o passar dos anos, foi demonstrando cada vez mais interesse pela cultura, passando por diversos setores da fazenda para chegar onde está hoje. A cafeicultora sonha que sua história de ascensão profissional dentro da cadeia do café possa inspirar outras mulheres.

CAMPANHA "PADRÕES FORAM FEITOS PARA SEREM QUEBRADOS": INOVAÇÃO EM CAFÉ E SUSTENTABILIDADE

Empresas que quebram padrões abrem caminho para uma transformação na sociedade. A Nespresso foi criada para que qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo pudesse extrair um espresso italiano com alta qualidade. Recentemente, a marca lançou seu mais novo sistema, Vertuo, trazendo inovação em diferentes tipos e tamanhos de café ao toque de um botão. Por meio da campanha "Padrões foram feitos para serem quebrados" a marca convida parceiros e clientes a inovarem na maneira de tomar café e transformarem o momento do dia a dia em uma experiência extraordinária, provando diferentes estilos de café, receitas e formas de consumo com a máquina Nespresso Vertuo Next.

A máquina também é inovadora ao trazer a exclusiva tecnologia Centrifusion™, que combina força centrífuga com infusão de água, realiza a leitura do código de barras presente nas cápsulas para reconhecer a variedade de café sendo preparada e ajusta automaticamente os parâmetros de extração. A Vertuo Next também conta com atributos sustentáveis, feita de 50% de plásticos reciclados e em um pacote totalmente reciclável feito de material 99,5% reciclado: papel reciclado, papel moldado e papel alumínio para proteger a máquina de arranhões.

No Brasil, a Nespresso também foi inovadora e pioneira em sustentabilidade por toda a cadeia, com todo o cuidado com o clima, com as comunidades e com a circularidade. Iniciou seu programa de reciclagem em 2011 e investe mais de R? 5 milhões por ano em ações relacionadas. As cápsulas usadas são encaminhadas ao Centro de Reciclagem da marca, que fica em Osasco, região metropolitana de São Paulo, para separação mecânica da borra de café e do alumínio sem a utilização de água.

  • BORRA DE CAFÉ: é destinada ao projeto Nespresso Hortas, que oferece o resíduo orgânico como alternativa de adubo para cultivo de alimentos orgânicos de forma regenerativa e consultoria técnica especializada para agricultores em Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo.
  • ALUMÍNIO: é destinado à indústria siderúrgica, volta para o seu ciclo de vida em formas variadas, como, canetas, material elétrico e até peças de esquadria. O alumínio reciclado requer 95% menos energia para produzir do que o alumínio virgem, além de colaborar com uma redução significativa na pegada de carbono.

Todas as cápsulas de café Nespresso são feitas de alumínio, que protege cuidadosamente o frescor, a qualidade e o sabor dos cafés por mais tempo, além de ser infinitamente reciclável. A expectativa é que, até o final de 2022, todas as cápsulas da linha Original serão feitas com 80% de alumínio reciclado e da linha Vertuo, 85%.

Hoje 100% dos consumidores tem acesso a uma alternativa para coleta cápsulas usadas, sem custo e em qualquer lugar do Brasil. A marca conta com mais de 200 pontos de coleta de cápsulas espalhados pelo Brasil e a solução de logística reversa Entrega Verde em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife. Quem não está próximo dos pontos de coleta, ainda pode enviar as cápsulas gratuitamente pelos Correios, solicitando uma "Autorização de Postagem" no site.

Todas as xícaras de café Nespresso serão neutras em carbono até 2022. A marca vai atingir neutralidade em emissões de carbono por meio de iniciativas como redução da emissão de carbono com uso sustentável de energia na cadeia de valor e aumento da circularidade dos produtos e embalagens, insetting, com plantio de árvores nas fazendas das quais a Nespresso adquire café e arredores e offsetting, com suporte e investimento em projetos de compensação de carbono de alta qualidade.

Hoje, 100% das fazendas fornecedoras para Nespresso no Brasil fazem parte do Programa Nespresso AAA de Qualidade Sustentável™, desenvolvido em 2003 em parceria com a Rainforest Alliance, para fornecer aos produtores conhecimentos e técnicas que os apoiem na produção de um café de alta qualidade, utilizando práticas sustentáveis e também contribuindo para sua qualidade de vida. Atualmente, mais de 110 mil fazendas parceiras em 17 países participam e são auxiliados por mais de 450 agrônomos, que os ajudam a cultivar o café de forma ambiental, social e economicamente sustentável.

Com o objetivo de restaurar 277 hectares da floresta de Mata Atlântica, a Nespresso se uniu com a Fundação SOS Mata Atlântica em uma parceria que pretende revitalizar a região da bacia do Rio Pardo, em São Paulo. A Nespresso já investiu US? 170 mil na iniciativa, que resultou no plantio de 70 mil árvores de mais de 60 espécies nativas, em 30 hectares. A ação criará corredores ecológicos, recuperando a mata na margem de rios e nascentes. Fazendas de café com espécies nativas também farão parte da restauração. A previsão é chegar a quase 700 mil árvores plantadas, além do cuidado, restauração e proteção de 154 nascentes.

-----------------

Sobre a Nespresso

A Nespresso é pioneira em café em porções individuais da mais alta qualidade sustentável. No Brasil desde 2006, conta com 33 Boutiques e cerca de 700 colaboradores nas principais cidades do país. A linha doméstica da marca oferece 29 variedades de cafés, além de máquinas e acessórios para uma experiência completa. Já a linha Nespresso Profissional apresenta 15 cafés e máquinas adequadas para estabelecimentos de alta rotatividade, como hotéis, restaurantes e empresas. Por meio do compromisso The Positive Cup™, a Nespresso atua na gestão sustentável do café, do alumínio e em práticas relacionadas ao clima. No Brasil, a marca tem investido no sistema de reciclagem de cápsulas e possui mais de 200 pontos de coleta. Todas as informações sobre a Nespresso e o compromisso com sustentabilidade podem ser encontradas no site no site.







Veja também

0 comentários | Comente

 Digite seu comentário

*preenchimento obrigatório



Ninguém comentou essa notícia ainda... Seja o primeiro a comentar!

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.